top of page

WeCrashed: a caricatura que deu muito certo


Anne e Leto: casal carne e unha (foto: divulgação)


Toda história real que é transformada em filme ou série passa por um verniz e toma liberdades. Se não fosse assim, você veria um documentário. O importante é que o material entregue seja bom e, dito isso, gostei de WeCrashed, na AppleTV+, que conta a trajetória de Adam Neumann, CEO da WeWork, a maior empresa de coworking (escritórios compartilhados) do mundo.


A minissérie, de oito episódios, tem início na derrocada de Neumann (Jared Leto), em 2019, quando foi afastado do cargo. Além de ter torrado milhões em despesas pessoais (como comprar uma mansão de 15 milhões de dólares), Neumann já havia se atropelado nas dívidas da companhia e nas negociações que tentava fazer para não falir.


Como ele viveu nos mais de dez anos anteriores? É aí que a trama volta no tempo para explicar sua capacidade de comunicação e convencimento, seus métodos escusos de subir na vida e a relação "carne e unha" com a esposa, Rebekah (Anne Hathaway), prima da atriz Gwyneth Paltrow.


Embora seja um assunto sério, WeCrashed invade com propriedade o terreno do humor. Leto e Anne estão ótimos e propositalmente acima do tom - ele interpreta com um carregado sotaque, inexistente no Neumann original. O roteiro aborda o mundo corporativo com galhofa e faz dos protagonistas uma caricatura dos novos bilionários focados em questões ambientais. Ele anda descalço, ela não come carne. E o que dizer de Miguel (Kyle Marvin), o paspalho sócio do protagonista? Quase tudo foi verdade, só não sei se foi bem assim.





3.170 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


Os comentários foram desativados.
bottom of page