top of page

The Night: o pesadelo dos iranianos em Los Angeles


Babak no quarto do hotel: ele vê pessoas


The Night, que está escondidinho na HBO Max, é o terceiro longa-metragem do diretor iraniano Kourosh Ahari - e o primeiro trabalho que eu assisto dele. Fiquei fascinado com a qualidade. Ahari filma com dinheiro dos americanos uma trama de suspense/terror, estrelada por iranianos e falada em persa. É uma ótima surpresa!


Como aponta o título, tudo se passa durante uma noite. Babak (Shahab Hosseini) e Neda (Niousha Noor) jantaram com amigos e estão voltando para casa. O marido bebeu além da conta e se perde numa Los Angeles deserta. O jeito, então, é se hospedar num hotel, já que o casal têm uma bebê choramingando no carro. O local escolhido é o Hotel Normandie, um espaço às moscas, mas que o recepcionista insiste em dizer que só há um quarto disponível. Eles aceitam e pensam que terão uma noite tranquila. Só que não!


Acontecimentos sinistros durante a madrugada vão tirar a tranquilidade. Alguém bate na porta e desaparece, Babak enxerga pessoas no quarto, há ruídos irritantes no andar de cima, o recepcionista desapareceu... Aperte os cintos... porque o terror está apenas começando.


É um roteiro de mistérios e o desfecho aponta para duas direções (você decide qual a melhor solução). Me envolvi bastante com o perturbador drama dos iranianos, como se fosse uma metáfora da aflitiva situação que os imigrantes árabes sentem nos Estados Unidos. O clima angustiante e tenso que o realizador imprime ao roteiro é de tirar o chapéu. Quero ver mais filmes de Kourosh Ahari.





720 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Hozzászólások


A hozzászólások ki vannak kapcsolva.
bottom of page