O Caso Evandro: episódio extra arranca lágrimas


Osvaldo Marcineiro: sofrimento por 29 anos


Acho ótimo quando uma série documental faz tanto sucesso que consegue reabrir um caso e gerar novos desdobramentos. Está sendo assim com O Caso Evandro, do Globoplay.


O episódio (extra) 8 abordava o caso Leandro e, agora, o capítulo 9 (igualmente adicional) traz duas entrevistas importantes, que só foram realizadas por causa da repercussão.


Chamado de Consequências, o episódio relembra qual foi a importância (e o desinteresse) de Roberto Requião, então governador à época do desaparecimento do garoto Evandro, em 1992.


À frente das câmeras, Requião é curto em suas palavras, faz ataques à rede Globo e dá uma resposta que não está à altura do que se espera do ex-governador de um estado em que o sumiço de crianças ia além do preocupante.


Reside, então, no depoimento de Osvaldo Marcineiro o grande impacto e a maior emoção de Consequências. Marcineiro foi um dos sete acusados e condenados pela morte de Evandro, cumpriu pena e se isolou.


Só relembrando: a série aponta para a inocência dele e dos outros seis envolvidos, incluindo Celina e Beatriz Abbage, a esposa e a filha do prefeito de Guaratuba, onde ocorrem os crimes. Mesmo assim, Marcineiro não quis dar entrevista enquanto a série estava sendo feita. Só decidiu falar após os comentários positivos sobre sua inocência.


Sem spoilers: não vou entregar o que ele passou e como viveu nesses últimos 29 anos. Só dá dizer que, diante de uma justiça falha, estragos foram feitos na vida de um inocente - e isso é irreversível.



INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter

100 visualizações

Posts recentes

Ver tudo