É o amor: 14 sedutores romances de época


Diário de uma Paixão: adaptação do livro de Nicholas Sparks (foto: divulgação)


Durante uma live que eu faço às quintas, às 19h30, uma seguidora me pediu uma lista com romances de época. Não sei se foi isso o que ela queria, mas o pedido foi aceito. Consegui reunir aqui quinze filmes de época que têm relações amorosas como assunto principal.


A Época da Inocência > Em uma de suas raras incursões pelos filmes de época, o diretor Martin Scorsese fez uma brilhante adaptação do romance de Edith Wharton. Ambientada na Nova York de 1870, mostra o envolvimento de um advogado (Daniel Day-Lewis) com uma condessa (Michelle Pfeiffer), que é prima de sua noiva. Netflix.


Mary Shelley > O clima sombrio do livro Frankenstein ou O Moderno Prometeu se faz presente nessa biografia de sua autora, Mary Shelley. Nascida na Londres do início do século XIX, Mary (Elle Fanning) é filha de escritores e quer encontrar um amor verdadeiro. Acaba, então, conhecendo o rico herdeiro Shelley (Douglas Booth), que vai entrar em sua vida de forma avassaladora. Netflix.


Flores Raras > O diretor Bruno Barreto foi muito sensível ao registrar o romance, entre altos e baixos, da poetisa americana Elizabeth Bishop com a arquiteta brasileira Lote de Macedo Soares (papel de Glória Pires), no Rio de Janeiro das décadas de 50 e 60. Globoplay.


A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata > A escritora Juliet Ashton (Lily James) decide visitar uma ilha no Canal da Mancha, em 1946. Lá, vai participar de um clube de leitura, que tem um humilde fazendeiro como integrante. Ela está comprometida, mas não deixa de notar que há um interesse romântico por parte dele. Netflix.


Elisa y Marcela > A paixão entre Elisa (Natalia de Molina) e Marcela (Greta Fernández) tem início em 1898, quando as duas estudam numa escola católica de Corunha, na Espanha. O amor é interrompido por três anos e, a partir daí, elas vão desafiar as convenções num relacionamento secreto. É inspirado numa história real. Netflix.


Bulbbul > O misticismo indiano é explorado nesse romance que se passa no início do século XX. Bulbbul (Tripti Dimri) é uma jovem que foi prometida em casamento quando criança. Só que, ao invés de casar com seu amigo de infância, vira esposa do irmão mais velho dele. A visita do cunhado, anos depois, vai reacender o fogo da paixão. Netflix.


Adoráveis Mulheres > Greta Gerwig fez uma nova versão em 2019, mas eu prefiro essa adaptação de 1994 do livro de Louisa May Alcott. A trama se passa durante e após a Guerra Civil e mostra a batalha de uma mãe (Susan Sarandon) para sustentar as quatro filhas, já que o marido se encontra nos campos de batalha. Uma das irmãs, ao contrário das outras, que pretendem arranjar um marido, quer seguir a carreira de escritora. Netflix.


Diário de uma Paixão > Talvez seja a melhor adaptação de um livro de Nicholas Sparks ou, pelo menos, a mais emocionante. Trata-se do romance de Allie (Rachel McAdams) e Noah (Ryan Gosling), que se apaixonaram na década de 40, mas não seguiram adiante com o romance, já que os pais dela não aprovaram o namoro. Alguns anos depois, eles voltam a se reencontrar numa situação delicada. HBO Max.


James McAvoy e Keira Knightley em Desejo e Reparação


Desejo e Reparação > Notável adaptação do livro de Ian McEwan em que uma garota acusa o jovem Robbie Turner (James McAvoy), filho do caseiro, de um crime que ele não cometeu. O fato atrapalha o romance secreto dele com a rica Cecília (Keira Knightley). A II Guerra faz eclodir desdobramentos para o caso de amor. Amazon Prime Video.


Magic in the Moonlight > Comédia romântica de Woody Allen, realizada em 2014. A história é sobre o relacionamento às turras entre Stanley (Colin Firth), que faz espetáculos de mágica nos anos 20, e Sophie (Emma Stone), uma moça que diz prever o futuro. Amazon Prime Video, Paramount+ e Telecine.


A Princesa Prometida > Um delicioso clima de “sessão da tarde” marca essa fábula lançada em 1987 sobre uma princesa que, apaixonada por um camponês, é obrigada a casar com um príncipe. Netflix.


O Amante da Rainha > Indicado ao Oscar de filme estrangeiro em 2013, o drama dinamarquês se passa na corte do século XVIII. Com um casamento arranjado com o rei Cristiano, Carolina (Alicia Vikander) vira amante do médico Johann (Mads Mikkelsen), por quem compartilha ideais políticos e sociais. Amazon Prime Video e Globoplay.


O Morro dos Ventos Uivantes > Versão de 2011 do livro mais famoso de Emily Brontë que traz um diferencial: o protagonista é negro. Ele é Heathcliff (James Howson), que foi adotado por uma rica família inglesa e é apaixonado por sua irmã de criação. Quando descobre que ela está de casamento marcado, decide sair de casa, ganhar dinheiro e voltar para conquistá-la. Amazon Prime Video.


Meia-Noite em Paris > A história de Woody Allen se passa em dois tempos distintos. No presente, um roteirista americano (Owen Wilson), em viagem pela França, quer manter distância dos futuros sogros e da noiva consumista. Como num sonho, ele se transporta para a Paris dos anos 20 e encontra personagens célebres como os escritores Scott Fitzgerald e Ernest Hemingway e os pintores Picasso, Matisse e Dalí – e também uma nova paixão! Amazon Prime Video e HBO Max.


INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter



2.099 visualizações

Posts recentes

Ver tudo