top of page

Menashe: registro sincero dos judeus ultra-ortodoxos


Menashe: pai e filho no Brooklyn, de Nova York


Gosto muito de filmes com temas ligados à comunidade judaica e, por isso, Menashe, na HBO Max, me chamou a atenção, embora não seja uma novidade - o filme é de 2017. Não perca, também na mesma plataforma, a série A Autonomia.


Não é um documentário, mas poderia ser, já que toda a trama se passa na comunidade ultra-ortodoxa do Brooklyn, em Nova York, e os personagens são interpretados por não atores que falam em ídiche.


Menashe perdeu a esposa recentemente e trabalha num mercadinho. Seu filho, o garoto Rieven, está sob os cuidados do tio. Motivo: segunda uma lei judaica, um filho precisa ter uma mãe - e Menashe nem pensa em casar tão cedo, já que está num período de luto. Mas ele irá contra as regras para ter a custódia de Rieven.


O diretor Joshua Weinstein evita o dramalhão ou qualquer traço que fuja à realidade. Seu interesse está em apresentar um registro transparente dos judeus hassídicos até com certo bom humor.





498 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page