top of page

Manhãs de Setembro: muito afeto na segunda temporada


Gersinho e Cassandra: atritos e perdões (foto: divulgação Amazon Prime Video)


Eu já respondo antes que me pergunte: sim, é preciso ver a primeira temporada de Manhãs de Setembro para ver a segunda, que estreou no Amazon Prime Video. Trata-se de uma sequência, com novos temas sendo abordados e mais personagens. Está cada vez representativa - e isso é um ótimo sinal.


Antes da transição de gênero, Cassandra (Liniker) teve um filho com Leide (Karine Teles). A motogirl e cantora trans descobriu isso na primeira temporada e acabou, meio a contragosto, aceitando o garoto Gersinho (Gustavo Coelho).


Na continuação da trama, os três vão conhecer o pai e a madrasta de Cassandra (papéis de Seu Jorge e Samantha Schmütz), na cidade onde ela nasceu. Quem ganha maior espaço é o casal gay, interpretado por Paulo Miklos e Gero Camilo - e será introduzida uma abordagem sobre Alzheimer.


Gosto muito do desenvolvimento do roteiro e de como personagens paulistanos "invisíveis" são retratados com realismo e naturalidade. A São Paulo é a do Centro, onde moram e trabalham Cassandra e seu namorado, o garçom Ivaldo (Thomás Aquino). Lá também fica a boate, palco noturno da protagonista, que interpreta as canções de Vanusa, de quem é muito fã.


Manhãs de Setembro, tendo a cantora Liniker na linha de frente, é uma série igualmente musical - e que trilha sonora maravilhosa! Buscando o afeto, a reconciliação e o respeito, a série entrega o que promete em seis curtos episódios. Que venha a terceira temporada o mais rápido possível.











141 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


Os comentários foram desativados.
bottom of page