Festival Varilux de Cinema Francês exibe 17 filmes inéditos


Enquanto Vivo: novo filme de Catherine Deneuve


Em sua 12ª edição e com exibição somente nos cinemas, o Festival Varilux de Cinema Francês começa nesta quinta (25) e segue até dia 8 de dezembro. A seleção é composta de dezessete longas-metragens inéditos e recentes, alguns deles premiados. Rio de Janeiro e São Paulo recebem ainda recebem O Magnífico (1973), em homenagem a Jean-Paul Belmondo, que morreu em setembro.


Diretores renomados comparecem com seus novos trabalhos, como François Ozon (Está Tudo Bem), Xavier Giannoli (Ilusões Perdidas), Emmanuelle Bercot (Enquanto Vivo), Laurent Cantet (Arthur Rambo – Ódio nas Redes), Albert Dupontel (Adeus, Idiotas), Julia Ducournau (Titane) e Jacques Audiard (Paris, 13º Distrito). Entre os atores e estrelas estão os novos filmes de Catherine Deneuve, Sophie Marceau, Jérémie Renier, Pierre Niney e Pio Marmai.


O Festival Varilux estará presente em cidades como Aracaju (SE), Araraquara (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Botucatu (SP), Brasília (DF), Campinas (SP), Campo Grande (MS), Caxias do Sul (RS), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Juiz de Fora (MG), Jundiaí (SP), Limeira (SP), Londrina (PR), Maceió (AL), Manaus (AM), Natal (RN), Niterói (RJ), Palmas (TO), Pelotas (RS), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Santos (SP), São Carlos (SP), São José dos Campos (SP), São Luis (MA), São Paulo (SP), Sorocaba (SP), Teresina (PI), Vitória (ES) e Vitória da Conquista (BA). O valor do ingresso varia conforme o exibidor.


Ilusões Perdidas: superprodução com grande elenco inspirada no romance de Balzac


Confira abaixo os títulos inéditos e informações completas no site do Festival Varilux.


Arthur Rambo – Ódio nas Redes, de Laurent Cantet

Adeus Idiotas, de Albert Dupontel

A Travessia, de Florence Miaihe

Caixa Preta, de Yann Gozlan

Delicioso: da Cozinha para o Mundo, de Eric Besnard

Enquanto Vivo, de Emmanuelle Bercot

Ilusões Perdidas, de Xavier Giannoli

Um Intruso no Porão, de Philippe Le Guay;

Nosso Planeta, Nosso Legado, de Yann Arthus-Bertrand

Paris, 13º Distrito, de Jacques Audiard

Madrugada em Paris, de Elie Wajeman

Mentes Extraordinárias, de Bernard Campan e Alexandre Jollien

Está Tudo Bem, de François Ozon

Titane, de Julia Ducournau

Tralala, de Arnaud e Jean Marie Larrieu

Um Conto de Amor e Desejo, de Leyla Bouzid

Uma Pequena Lição de Amor, de Eve Deboise


INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter

479 visualizações

Posts recentes

Ver tudo