A Noite Devorou o Mundo: terror francês foge do óbvio


O protagonista Sam: Paris tomada por zumbis


A França pode ser especialista em dramas comédias e policiais, mas terror me parece um gênero atípico na filmografia. E, não à toa, A Noite Devorou o Mundo, disponível no Amazon Prime Video e no streaming do Telecine, foge do convencional “filme de zumbis”. Isso, porém, só faz o trabalho ganhar originalidade.


Haja fôlego para acompanhar a jornada de Sam (papel do norueguês Anders Danielsen Lie). Ele é um músico que retorna ao apartamento da ex-namorada para buscar umas coisas. Acaba dormindo por lá e, no seguinte, vê sangue pelas paredes e cadáveres pelo chão. E pior: Paris foi tomada por mortos-vivos.


Neste filme de 2018, o isolamento já era um dos temas. O protagonista, que vai passar por um transtorno psicológico, tenta sobreviver em meio ao caos e ao medo. Há poucas palavras e muito silêncio – tudo o que se espera de um terror francês.



INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter

204 visualizações

Posts recentes

Ver tudo