Documentário esclarece a morte da atriz Brittany Murphy


Brittany Murphy?: morte em sua casa, aos 32 anos


A HBO Max classificou What Happened, Brittany Murphy? como minissérie, mas eu acho que seria um longa-metragem, já que são apenas dois episódios de quase uma hora cada. Tanto faz. Importa que é muito bom e traz esclarecimentos sobre a misteriosa morte da atriz.


Brittany Murphy morreu dia 20 de dezembro de 2009 em sua casa em Los Angeles. Tinha 32 anos. A causa: pneumonia. Um pedido de socorro para o serviço de emergência 911 abre a minissérie que, em seu desenrolar, vai ficando mais triste e sombria.


Você deve se lembrar da atriz. Ela surgiu luminosa em As Patricinhas de Beverly Hills (e quase roubou a cena da protagonista, Alicia Silverstone) e fez comédias românticas, como Recém-Casados (2003) e A Agenda Secreta do Meu Namorado (2004). Era bonita, versátil, comunicativa. Até que, em 2007, casou com o roteirista britânico Simon Monjack e virou reclusa. Só deixava sua mansão, que dividia com a mãe e o marido, para trabalhar ou ir às pré-estreias de seus filmes.


Como eu pouco sabia de sua trajetória, sobretudo dos acontecimentos após sua morte, fiquei impressionado (e muitas vezes chocado) com os depoimentos e desdobramentos de What Happened, Brittany Murphy?. Há entrevistas com atriz Kathy Najimy e com a cineasta Amy Heckerling. Quem melhor traduz o estado deplorável que Brittany se encontrava no fim da carreira é Alex Merkin, que a dirigiu em Correndo contra o Tempo (2009).


SPOILER À VISTA!


Brittany foi vítima de negligência, relacionamento tóxico e descaso. Não sei se hoje, com tantas ações de movimentos feministas e ativismo nas redes sociais, uma estrela de Hollywood cairia numa cilada amorosa. Espero que não.



INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter

1,018 visualizações

Posts recentes

Ver tudo