top of page

Cyber Hell: o bem, o mal e o horror da internet



A internet fez uma revolução na vida das pessoas. Hoje, é quase impossível viver sem. Mas, entre tantos benefícios da rede virtual, há fatos que causam perplexidade e preocupação. Cyber Hell, documentário sul-coreano da Netflix, registra um caso de crime cibernético assustador.


Um hacker aliciava virtualmente garotas menores de idade e, após estar de posse da identidade delas, exigia fotos sensuais e sem roupa. O que ele fazia com isso? Despejava o conteúdo em grupos fechados do Telegram para clientes que pagavam para ver as meninas nuas.


Repórteres de um jornal de Seul conseguiram, enfim, desmascarar o criminoso, mas o povo nem deu bola. Só quando a TV fez uma reportagem sobre o assunto é que a polícia entrou em cena.


Gostei de acompanhar os detalhes jornalísticos e de como o documentário exemplifica o que eu disse acima: a internet concentra muita de gente do mal, mas também foi por meio dela que os criminosos foram localizados. Se o conteúdo é interessante, o formato de Cyber Hell pode cansar os desavisados, já que há muitas informações, dados, entrevistas e investigações paralelas.





480 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page