top of page

16 atores que não ganharam o Oscar. E mereciam pelo filme...


Clint Eastwood em Grand Torino: 91 anos, duas indicações e nenhum Oscar de melhor ator


Sem desmerecer o trabalho dos atores, mas você já parou para pensar que Rami Malek, Eddie Redmayne, Casey Affleck e Matthew McConaughey já ganharam o Oscar... e que Clint Eastwood, Mel Gibson e Tom Cruise jamais tocaram na estatueta de melhor ator? Este post é para "reparar" os erros da Academia de Hollywood, que nunca deram o prêmio mais importante do cinema para grandes astros. Deixei de fora três nomes importantes: Will Smith, Benedict Cumberbatch e Andrew Garfield, que ainda podem faturar o Oscar neste ano.


Clint Eastwood - O grande veterano da lista está com 91 anos e já ganhou dois Oscars de melhor direção, por Os Imperdoáveis e Menina de Ouro. Pelos mesmos filmes, também concorreu ao Oscar de melhor ator, mas não ganhou. São várias as ótimas atuações, mas eu gosto muito de Clint em Gran Torino (2008), disponível na Netflix e HBO Max.


Robert Redford – Outro grande veterano, de 85 anos, que só concorreu uma vez ao Oscar de melhor ator, por Golpe de Mestre, em 1974, embora tenha levado o prêmio de melhor direção, em 1981, por Gente como a Gente. Meryl Streep foi indicada por Entre Dois Amores (1985), mas Redford ficou de fora. Bola fora da Academia. O filme está no Star+.


Kevin Costner em JFK: sequer foi indicado


Kevin Costner – O galã dos anos 80 e 90 só concorreu a melhor ator por Dança com Lobos, pelo qual ganhou o Oscar de melhor direção e melhor filme. Mas eu gosto muito de sua atuação em JFK - A Pergunta que Não Quer Calar, dirigido por Oliver Stone em 1991, disponível na HBO Max e Belas Artes à la Carte.


Michael Fassbender – Concorreu duas vezes, por 12 Anos de Escravidão (coadjuvante) e Steve Jobs. Eu gosto muito de Fassbender em Shame, que tem para alugar no Google Play, por apenas R$ 2,90, e também em Steve Jobs, na Netflix.


Edward Norton – Ele é muito criterioso na escolha dos papéis, embora já tenha escorregado feio como Hulk, em 2008. Norton recebeu três merecidas indicações: ator coadjuvante por As Duas Faces de um Crime (1997) e Birdman (2015). Merecia o prêmio de melhor ator por A Outra História Americana, disponível no Telecine ou Globoplay, no qual interpreta um neonazista.


Mel Gibson em Um Novo Despertar: dirigido pela amiga Jodie Foster, em 2011


Mel Gibson – É inacreditável, mas Mel Gibson nunca concorreu ao Oscar de melhor ator. Ganhou os Oscars de melhor direção e melhor filme por Coração Valente e sequer foi indicado ao de interpretação. Tem um filme dele que eu gosto muito (e ele está impecável): Um Novo Despertar, de 2011, dirigido por Jodie Foster, disponível no Star+.


Matt Damon – Damon foi três vezes indicado, por Gênio Indomável e Perdido em Marte (melhor ator) e Invictus (ator coadjuvante). Eu adoro sua atuação em Além da Vida, dirigido em 2010 por Clint Eastwood, disponível na HBO Max.


Bradley Cooper foi indicado por O Lado Bom da Vida, mas perdeu para Daniel Day-Lewis


Bradley Cooper – Cooper já tem quatro indicações: O Lado Bom da Vida, Sniper Americano, Nasce uma Estrela (de melhor ator) e A Trapaça (coadjuvante). Eu gosto de todas elas, mas tenho uma admiração muito grande por seu desempenho em O Lado Bom da Vida, disponível na Netflix, Star+, Globoplay e Belas Artes à la Carte.


Hugh Jackman – Ele faz dramas, comédias e ficou marcado como o Wolverine, de X-Men. Hugh Jackman também canta (e muito bem) e recebeu uma indicação, em 2013, por Os Miseráveis. Mas sabe que, para mim, sua melhor está em Logan, disponível no Star+?


Jake Gyllenhaal: sem indicação por O Abutre


Jake Gyllenhaal – Acho um dos atores mais injustiçados pela Academia. Gyllenhaal só concorreu como ator coadjuvante por O Segredo de Brokeback Mountain. Merecia, ao menos, uma indicação por O Abutre, que está na HBO Max.


Willem Dafoe – Outra grande injustiçado pelo Oscar. Dafoe concorreu por Platoon, A Sombra do Vampiro, Projeto Flórida (todos de coadjuvante) e No Portal da Eternidade (de melhor ator). E nem foi indicado por sua atuação arrebatadora em A Última Tentação de Cristo (1988), que tem no NOW e AppleTV.


Don Cheadle: impecável em Hotel Ruanda


Don Cheadle – Ele é quase sempre o coadjuvante que rouba a cena, mas teve uma indicação ao Oscar de melhor ator – e está extraordinário em Hotel Ruanda, disponível no Amazon Prime Video.


Johnny Depp – O ator está em baixa, mas teve grandes momentos no cinema e recebeu três indicações ao Oscar de melhor ator: Piratas do Caribe – A Maldição do Pérola Negra (2004), Em Busca da Terra do Nunca (2005) e Sweeney Todd (2008). Mas espetacular, mesmo, ele está em Ed Wood (1994), disponível no Star+.


Tom Cruise: atuação em Nascido em 4 de Julho


Tom Cruise – Um dos grandes astros de Hollywood, Cruise concorreu três vezes: Nascido em 4 de Julho, Jerry Maguire e Magnolia (coadjuvante). Gosto muito das três atuações, mas o sangue mesmo foi dado em Nascido em 4 de Julho, que está no Star+.


Ryan Gosling – Duas indicações, por Half Nelson (2007) e La La Land (2017). Foi “esquecido”, porém, no excelente papel de Namorados para Sempre, disponível no Amazon Prime, Netflix e MUBI.


Laurence Fishburne – Ele ficou muito marcado como o Morpheus de Matrix, mas, antes, Fishburne brilhou como Ike Turner na cinebiografia Tina (1993), disponível no Star+, que lhe rendeu sua única indicação ao Oscar.



1.732 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page