top of page

Operação Maré Negra: uma façanha real inacreditável


O trio de traficantes dentro do submarino: da Amazônia para a Europa (foto: divulgação)


Mesmo com produção modesta e imperfeições, a série espanhola Operação Maré Negra, que está no Amazon Prime Video, consegue prender a atenção do início ao fim. São apenas quatro episódios para mostrar uma incrível história real, ocorrida em 2019.


O boxeador espanhol Nando (Álex González, de Toy Boy) mora em Vigo, na Galícia. Sem tempo para treinar e se tornar um campeão internacional, ele aceita o convite de um amigo para participar de lutas clandestinas em Portugal. Torra todo o dinheiro que guardou numa competição e se vê num beco sem saída. Até que uma prima ressurge com a proposta para que ele transporte drogas.


Nando, que aprendeu a pilotar barcos com seu avô, virá ao Brasil com um amigo e, juntos, vão levar um carregamento de três toneladas de cocaína. O transporte será por um submarino artesanal semissubmersível, que, em três semanas, atravessará o Atlântico, da Amazônia até a Europa.


O fato é tão recente que nem deu tempo de incluir o que aconteceu com os personagens verídicos (eu dou o spoiler mais abaixo!). Há dois brasileiros no elenco. Bruno Gagliasso interpreta o chefão do tráfico na Amazônia e Leandro Firmino é um dos três homens que, corajosamente, arriscou a vida para ganhar uma fortuna.


Há estereótipos na composição de alguns personagens, como a prima e o pai dela, que são os poderosos narcotraficantes, e nas prostitutas que chegam de Boa Vista para alegrar os gringos no Brasil. O trio dentro do submarino convence muito mais, com suas nuances entre o bem e o mal.


SPOILER! O trio de protagonista era, na verdade, composto de um espanhol (o boxeador) e dois primos equatorianos. Eles foram sentenciados a onze anos de prisão e multa de 300 milhões de euros, para cada um.





766 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

留言


留言功能已關閉。
bottom of page