Amazon e Netflix: 28 filmes com bons dramas familiares


Julia Roberts e Lucas Hedges: mãe e filho em O Retorno de Ben (foto: divulgação)


Eu sou eclético quanto a gênero de filmes. Gosto de comédia, terror, suspense, ficção científica... Mas os dramas estão no meu topo. Na lista abaixo, com filmes no Amazon Prime Video e na Netflix, você vai encontrar boas histórias com conflitos familiares. Vale lembrar que todos foram avaliados por mim. Boas sessões!


Amazon Prime Video


Querido Menino > David (Steve Carell) se divorciou e formou família com outra mulher. Do casamento anterior, o primogênito (Timothée Chalamet) mora com eles e, na adolescência, começa a apresentar um comportamento instável devido às drogas. O vício em metanfetamina agrava o convívio.


Não Atire > O drama é inspirado em história real e reconstitui a chacina que uma gangue provocou na saída de um supermercado, na Bélgica, na década de 80. Ao perder a filha, o genro e a neta, Albert (Jan Decleir) e sua esposa ficam responsáveis pela criação do neto, que sobreviveu ao massacre.


O Filho de Jean > O francês Mathieu (Pierre Deladonchamps), sem saber da existência do pai, recebe um telefonema do Canadá: ele lhe deixou uma herança. Em Montreal, ele terá uma relação difícil com seus meios-irmãos e com a mulher com quem seu pai formou uma nova família.


Never Steady, Never Still > A atriz escocesa Shirley Henderson tem uma atuação marcante como Judy, uma dona de casa que tem a doença de Parkinson em estágio avançado. Ela mora com o marido numa região gélida do Canadá. Seu filho, de 18 anos, está na descoberta da sexualidade. Para piorar, uma tragédia se abate sobre a família.


We Need to Talk About Kevin > Perturbador drama familiar sobre a difícil convivência entre uma mãe (Tilda Swinton) com seu filho, Kevin, na juventude interpretado por Ezra Miller.


O Sacrifício do Cervo Sagrado > Os médicos Anna e Steven (Nicole Kidman e Colin Farrell) se pegam numa relação instável por causa de um rapaz de 16 - o pai dele foi paciente de Steven. Será que o garoto tem más intenções ao se infiltrar na família?


Um Homem de Família > O roteiro dá uma forçada de barra no sentimentalismo, mas segura as pontas no drama em família. Trata-se da história de Dane (Gerard Butler), funcionário de uma empresa de headhunters, que dá pouco atenção à esposa e aos filhos. Tudo muda quando o primogênito adoece.


O Retorno de Ben > Julia Roberts interpreta Holly, que fica feliz em rever seu filho, Ben (Lucas Hedges), na véspera do Natal. O rapaz saiu de uma clínica de recuperação e se diz curado do vício nas drogas. Mas a irmã dele e o padrasto são contra a visita.


Todos Já Sabem > Mãe de um casal de filhos, que mora na Argentina com o marido (Ricardo Darín), a espanhola Laura (Penélope Cruz) volta ao vilarejo natal para o casamento da irmã. A paz em família se transforma em pesadelo quando sua primogênita desaparece. É um trabalho menor, porém ainda instigante, do diretor iraniano de A Separação. O filme só tem dublagem em português ou no original em espanhol.


Nicole Kidman é a mãe do menino indiano em Lion: difícil segurar as lágrimas (foto: divulgação)


Lion > Impossível não se emocionar com a trajetória de um garoto indiano de origem muito humilde, que se perde do irmão mais velho e vai parar num orfanato. Mas consegue ser adotado por uma família da Austrália e, adulto (Dev Patel), quer saber de suas origens para desgosto dos pais adotivos.


As Coisas Impossíveis do Amor > Disponível apenas da versão dublada em português, o drama é centrado em uma mulher (Natalie Portman) que, após perder um bebê, precisa manter um bom relacionamento com o marido e a enteada.


Preciosa > Na Nova York de 1987, Preciosa (Gabourey Sidibe) é uma adolescente de 16 anos, que tem um filho com síndrome de Down, foi violentada pelo pai e abusada pela mãe. Para piorar, ficou grávida pela segunda vez. Mas uma professora encontra uma escola que poderá aliviar os traumas da garota.


Minhas Mães e Meus Pais > Nic (Annette Bening) e Jules (Julianne Moore) são casadas há mais de vinte anos e mães de um casal de filhos. Os adolescentes, porém, querem saber quem é o pai biológico. A estrutura familiar será abalada quando eles encontram o doador de esperma Paul (Mark Ruffalo), que é um simpático dono de restaurante.


Tudo sobre Minha Mãe > Almodávar sabe muito bem contar histórias familiares rocambolescas e não é diferente nessa sua obra-prima. Na trama, Manuela (Cecilia Roth) presenteia o filho com um ingresso para ver uma peça de teatro, mas ele acaba sendo atropelado na saída do espetáculo. A mãe, então, vai atrás do pai do garoto e, no caminho, tem seu destino cruzado com uma freira (Penélope Cruz) e uma atriz (Marisa Paredes).


A Última Lição > Embora não seja perfeito, o drama francês traz à tona um tema oportuno. Madeleine, aos 92 anos, apresenta lapsos de memória e dificuldades de locomoção. Revela, então, aos filhos seu último desejo: ela vai cometer suicídio antes que os problemas de saúde se agravem.


Peace, Love & Misunderstanding / Paz, Amor e Muito Mais > A advogada Diane (Catherine Keener) está passando por uma crise no casamento, e após seu marido pedir o divórcio, vai passar uns dias com a mãe junto dos dois filhos. Lá, reencontra Grace (Jane Fonda), uma ex-hippie que é adepta de terapias alternativas e tem um estilo de vida liberal. O choque entre mãe e filha tem início.


Netflix


A Próxima Pele > O jovem Gabriel (Àlex Monner), que vive em uma instituição para órfãos na França, tem uma pista de que sua mãe está viva e morando num vilarejo da Espanha. Ao adaptar-se à nova realidade ao lado dela, o rapaz sente-se desconfortável na presença de seu tio, que tem quase certeza de que ele não é seu sobrinho.


Árvore de Sangue > Em uma trama almodovariana, repleta de surpresas e reviravoltas, o diretor e roteirista espanhol Julio Medem (de Lúcia e o Sexo) traz à tona a história de um casal, que decide escrever as memórias de suas famílias, ligadas por romances proibidos e traições.


Frank and Cindy > GJ (Johnny Simmons) volta de Nova York para Los Angeles para fazer faculdade de cinema. Encontra o padrasto entregue à bebida e a mãe, já livre do álcool, querendo distância do marido. O rapaz tem a ideia de registrar o caótico cotidiano da família com uma câmera.


Milagres no Paraíso > Emociona a trama baseada em caso verídico. Na trama, Anna (Kylie Rogers), filha do meio do casal Christy (Jennifer Garner) e Kevin (Martin Henderson), tem uma doença que impede sua digestão. Para ter um último parecer, o casal leva a garota para fazer uma consulta com um médico de Boston.


A Sun > O filme de Taiwan foi um dos pré-finalistas do Oscar 2021 com sua intensa história familiar. Trata-se da difícil relação de um jovem, condenado a ficar alguns anos num reformatório, com seu pai, que prefere conviver apenas com o outro filho.


Assunto de Família > O diretor japonês Koreeda desvenda as verdadeiras relações entre personagens marginalizados, que convivem num ambiente familiar. Entre os personagens estão um senhor e um garoto, que roubam comida num supermercado.


Boy Erased > Russel Crowe é um pastor batista que não aceita a orientação do sexual do filho gay (Lucas Hedges). Acompanhado da esposa (Nicole Kidman), ele leva o rapaz, de 19 anos, para ser tratado por um psicoterapeuta que faz uma terapia de conversão – a tal da “cura gay”.


Lado a Lado > Prepare o lenço porque é um dos filmes mais comoventes da década de 90. Julia Roberts é uma fotógrafa que tenta ter uma relação harmônica com os filhos de seu companheiro. Só que as crianças preferem que o pai reate a relação com a mãe deles, interpretada por Susan Sarandon.


Glenn Close e Amy Adams: conflitos de mãe e filha em Era uma Vez um Sonho


Era uma Vez um Sonho > J.D. (Gabriel Basso) cursa direito na Universidade Yale e está prestes a conseguir um estágio. Mas precisa voltar à cidade natal porque sua mãe (Amy Adams) foi internada após uma overdose de heroína. Glenn Close concorreu ao Oscar 2021 de atriz coadjuvante e interpreta a avó do protagonista.


Crimes de Família > No drama argentino, Daniel (Benjamín Amadeo), queridinho de sua mãe, Alicia (Cecilia Roth), está preso por estupro da ex-mulher. Em outra ponta do roteiro, a empregada de Alicia também está na cadeia. O que será que une as duas histórias?


Casa Grande > O executivo Hugo (Marcelo Novaes) está desempregado e, para manter o padrão de vida, faz empréstimos. Enquanto isso, seu filho encontra na empregada doméstica um amparo para seus desabafos.


Como Nossos Pais > Rosa (Maria Ribeiro) tem 38 anos, é mãe de duas meninas e casada com um ativista (Paulo Vilhena). Além de seu casamento estar por um fio, sua mãe (Clarisse Abujamra) a surpreende com uma revelação bombástica.


INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter

1,441 visualizações

Posts recentes

Ver tudo