Ali no Queen: a Indonésia vive em Nova York


Ali no meio de suas novas amigas: superprotegido


Eu gosto de garimpar títulos que fogem do lugar-comum e foi assim que encontrei Ali no Queens, na Netflix. É um filme da Indonésia, porém quase todo filmado em Nova York. A história cativa pela simplicidade e, sobretudo, por dar uma representatividade à comunidade indonésia nos Estados Unidos.


Ali, interpretado por Iqbaal Ramadhan, mora com o pai em Jacarta e sente saudades da mãe, que partiu para Nova York em busca do sonho de se tornar cantora. Após a morte de seu pai, o jovem só tem um objetivo: ir atrás da mãe, que o abandonou ainda criança. Os tios muçulmanos são contra sua partida, mas Ali pega um avião e chega à fervilhante Manhattan.


No endereço que tem em mãos, no bairro do Queens, consegue localizar a moradia. Só que Ali terá uma surpresa: sua mãe não vive mais lá.


Quatro outras mulheres indonésias, que estão juntando grana para abrir um restaurante, serão suas "guardiãs" e respondem pelo alívio cômico em uma trama de essência dramática.


Ali no Queens também é uma simpática aventura sobre um estrangeiro numa terra de oportunidades, mas igualmente pouco hospitaleira para os forasteiros. Contudo, o afeto das conterrâneas de Ali sobressai em sua trajetória errante.



INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter

186 visualizações

Posts recentes

Ver tudo