Tina: um documentário para quem não conhece Tina Turner


Tina Turner: entrevista protocolar


Como grande fã de Tina Turner, esperava algo mais grandioso, polêmico ou revelador do documentário Tina, disponível nas plataformas de aluguel, como NOW, AppleTV e Google Play.


É um registro apenas correto para mostrar às novas gerações quem foi a grande mulher e a imensa cantora. O registro começa em sua infância, onde ela cantava numa igreja batista do Missouri. No fim dos anos 50, Tina conheceu o compositor e guitarrista Ike Turner e, em 1960, formaram a dupla Ike & Tina Tuner.


A carreira dela é revista passo a passo e há apresentações musicais marcantes de Proud Mary, Respect, River Deep Mountain High, Help e I Can't Stand The Rain (esta no Maracanã, em 1988).


Não há novidades do que já se sabe sobre o tempestuoso casamento de Tina e Ike, que dava surras na mulher e, numa noite de 1976, ela fugiu do marido. Posso estar enganado, mas Tina deve ter sido a primeira mulher famosa a falar abertamente sobre relacionamento abusivo e tóxico e violência doméstica, numa entrevista para revista People, em 1981. A partir daí, sua carreira-solo deslanchou. Tina voltou a ganhar a mídia e a fazer shows cada vez mais espetaculares. A rainha do soul virou a rainha do rock.


Tina já falou tanto sobre a relação com Ike (e esse esgotamento é um dos pontos positivos do documentário) que, hoje, prefere só relembrar os bons momentos. Tanto que a única entrevista recente com a estrela é bem protocolar. Ela tem 81 anos, vive na Suíça, abriu mão da cidadania americana e está casada oficialmente, desde 2013, com o alemão Erwin Bach.


Do que senti falta? Musicalmente, de grandes sucessos como Private Dancer, We Don't Need Another Hero e Let's Stay Together. De sua vida pessoal, dá a impressão que Tina ficou "congelada" desde os anos 90, já que não há uma continuidade de sua trajetória, exceto a aparição na estreia do musical Tina, na Broadway, em 2019.


O documentário não toca no suicídio de seu filho (ocorrido em 2018) nem nos problemas de saúde - ela teve câncer de intestino, fez um transplante de rim (doado pelo do marido) e tem aterosclerose. Mesmo com todos os obstáculos que atravessou, continua com um sorriso contagiante.



INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter

115 visualizações

Posts recentes

Ver tudo