Stan e Ollie: deliciosa nostalgia com O Gordo e o Magro


Steve Coogan e John C. Reilly: impecáveis


Stan e Ollie – O Gordo e o Magro já estava no Amazon Prime Video e agora chegou à Netflix. Boa opção para quem gosta de cinebiografias, embora aqui seja apenas um recorte da vida de Stan Laurel (1890-1965) e Oliver Hardy (1892-1957), a dupla de comediantes que marcou várias gerações. Eu até assistia ao programa na TV, mas nunca gostei do jeito que o Gordo tratava o Magro.


O filme começa em 1937, no auge do sucesso dos atores, mas logo se fixa em 1953, início da decadência deles, que já tinham acabado com a dupla. Mas saíram da aposentadoria ao aceitar o convite para recomeçar a carreira como comediantes de teatro numa turnê pelo Reino Unido. Será que foram bem-sucedidos?


John C. Reilly e Steve Coogan, intérpretes, respectivamente, de Hardy e Laurel, estão muito bem caracterizados e à vontade nos papéis – e sequer foram lembrados no Oscar. E é interessante notar que, ao contrário do personagens que eternizaram, eles eram inversos na vida real.



INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter



125 visualizações

Posts recentes

Ver tudo