top of page

Slalom - Até o Limite: a presa diante do predador


Jérémie Renier e Noée Abita: tensa relação entre o treinador e a aluna de esqui em Slalom


Noée Abita recebeu uma merecida indicação de melhor revelação feminina no César 2022 (o Oscar francês) por seu papel em Slalom - Até o Limite, disponível no Telecine (pelo streaming, NOW e Globoplay). A jovem tem um papel difícil num filme de temática oportuna.


Ela interpreta Lyz, uma garota de 15 anos que quer ser campeã de esqui. Longe da mãe, estuda numa escola nos Alpes franceses. Seu treinador, Fred (Jérémie Renier), percebe que a menina não tem muito talento para o esporte, mas vai insistir muito para colocá-la na trilha certa.


De início, Fred é um abusador moral. Xinga e humilha Lyz na frente das colegas. Ela não reage porque tem um sonho. Aos poucos, porém, o técnico vai avançando o farol, até ultrapassar o limite da relação entre aluna e professor.


É o primeiro longa-metragem de Charlène Favier, também roteirista. A realizadora consegue captar a atmosfera ameaçadora da presa diante de seu predador. Lyz sofre sozinha e calada.


Do lado de cá da tela, a gente espera uma reviravolta, uma revanche, uma explosão da protagonista. Mas isso ocorre de forma branda, pouco ousada e não menos frustrante.




385 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page