top of page

Volta ao mundo: 14 ótimas séries de 14 países


Personagens de 8 em Istambul: série turca


Eu mesmo me propus um desafio: escolher uma (só uma) série de um determinado país. Algumas escolhas foram bem desafiadoras, sobretudo pela quantidade de produções que vi da Espanha, Estados Unidos, França... Mas eis as minhas escolhas e, como sempre, tentei fugir do óbvio.


Luxemburgo / Os Segredos de Manscheid > O investigador Luc Capitani chega a um pacato vilarejo para descobrir quem matou uma adolescente de 15 anos e saber o paradeiro da gêmea dela, que sumiu na mesma noite do crime. Só preste muita atenção à conclusão, que é feita de forma apressada. A segunda temporada estreia nesta sexta, 9 de julho. Onde assistir: Netflix.


Estados Unidos / Schmigadoon! > Com tantas séries americanas, escolhi Schmigadoon porque eu adoro e o gênero musical é tradicionalmente dos Estados Unidos. Além disso, trata-se de uma sátira e uma homenagem aos musicais das décadas de 40 e 50. Na trama, em seis episódios curtinhos, os médicos Josh e Melissa (Keegan-Michael Key Cecily Strong) se perdem numa trilha e vão parar num vilarejo que parou no tempo, com seus habitantes vivendo como se estivessem num musical de época da Broadway. Onde assistir: AppleTV+.



Young Royals: paixão reprimida num colégio


Suécia / Young Royals > É uma graça essa série sueca, que tem como protagonista Wilhelm, o jovem príncipe herdeiro e o segundo na linha de sucessão. Após se envolver numa briga, ele é enviado pela família real para um colégio de aristocratas e, lá, se afeiçoa por Simon, um humilde rapaz de origem latina. A segunda temporada estreia em novembro. Onde assistir: Netflix.


Austrália / Estado Zero > Minissérie inspirada em caso real e dividida em seis episódios. A trama envolve Yvonne Strahovski, uma comissária de bordo que é emocionalmente instável. Há mais dois personagens importantes: um afegão que fugiu de seu país e quer migrar com a família para a Austrália e um segurança que trabalha num centro de refugiados. Onde assistir: Netflix.


Espanha / Veneno > A história se passa em duas épocas. Em 2005, um jovem homossexual descobre que Cristina "La Veneno" está em Valência. Em 1995, a travesti se prostitui nas ruas de Madri quando é descoberta por uma repórter e vira sensação na TV. Para dar vida a uma protagonista tão complexa, três atrizes trans se revezam no papel: Jedet, Daniela Santiago e Isabel Torres, que fazem um trabalho extraordinário. Onde assistir: HBO Max.



Geração 30 e Poucos: a Itália de hoje e ontem


Itália / Geração 30 e Poucos > Deliciosa mistura de humor, drama, romance e muita nostalgia em uma história que se passa em duas linhas do tempo. Nos dias de hoje, três amigos de infância trabalham numa empresa que desenvolve aplicativos. Em 1998, os colegas moram numa ilha próxima a Nápoles e, na infância, descobrem o mundo com a chegada da internet. Onde assistir: Netflix.


Argentina / Vosso Reino > Há muitos personagens e subtramas ao longo dos oito episódios. O primeiro capítulo apresenta parte do elenco, como Armando Badajoz, forte candidato à presidência da Argentina, que representa a ascensão da direita no país. Seu vice é Emilio Vázquez Pena, um pastor evangélico. Uma morte durante um showmício dará novo destino à trama. Onde assistir: Netflix.


França / Instituto Voltaire > O ano é 1963 e a história se passa numa pequena cidade do interior da França. No início de um novo ano letivo, o Instituto Voltaire vai receber, pela primeira vez, garotas, o que irá causar o maior reboliço entre estudantes e professores. Entre o drama e o humor, os temas atraem: a perda da virgindade, aborto, lesbianismo, repressão aos homossexuais... Onde assistir: Amazon Prime Video.



Coiotes: não dá para para de assistir


Bélgica / Coiotes > Embora com furos e erros de continuidade, não dá para parar de assistir. Tudo começa com um grupo de jovens de Bruxelas chegando num acampamento em uma área florestal de Luxemburgo. Levado à força pelo pai bruto, Kevin é o rebelde da turma e será vigiado de perto pelo irmão mais velho. Na primeira noite, porém, o rapaz se envolve numa confusão no centro do vilarejo. Onde assistir: Netflix.


Alemanha / Bauhaus > A minissérie alemã começa em 1963. Nos Estados Unidos, uma repórter da Vanity Fair vai entrevistar o alemão Walter Gropius, diretor da lendária Bauhaus, escola de artes da República de Weimar, que tinha independência da Alemanha. A jornalista quer saber se havia igualdade de gêneros na Bauhaus e se Gropius foi amante de uma aluna. Onde assistir: HBO Max.


Inglaterra / Heartstopper - Num colégio da Inglaterra, Charlie é gay e sofre bullying dos colegas. Nick é o gatinho do colégio e astro do time de rugby. Os dois vão dividir a mesma mesa numa aula e ficar amigos. E a amizade acaba virando... Série que fez sucesso pelo romantismo dos adolescentes e é apaixonante. Onde assistir: Netflix.



Liniker: Manhãs de Setembro terá temporada 2


Brasil / Manhãs de Setembro > Há personagens trans, héteros e gays em uma trama que traz à tona os excluídos, os invisíveis e os marginalizados pela sociedade numa São Paulo tomada pela indiferença. É linda e comovente. A trama tem início quando Cassandra (Liniker), uma mulher trans, aluga um apartamento no Centro de São Paulo. Só que algo inesperado acontece. Leide (Karine Teles) bate à sua porta com Gersinho, dizendo que o menino é fruto de um relacionamento que tiveram dez anos atrás. Onde assistir: Amazon Prime Video.


Coreia do Sul / Vincenzo > Park Joo-Hyeong foi para a Itália após ser adotado aos 8 anos de idade. Agora, é um adulto de nome Vincenzo, que trabalha como advogado e conselheiro de mafiosos. Por causa de uma guerra entre grupos rivais, ele foge para a Coreia do Sul e se envolve com uma advogada ambiciosa. Onde assistir: Netflix.


Turquia / 8 em Istambul > São vários personagens fascinantes que espelham as diferenças sociais na metrópole turca. Meryem é uma faxineira reprimida que se consulta com uma psicóloga, que também tem seus traumas. O patrão de Meryem é um playboy solitário e o irmão dela representa a Turquia antiga, apegada às tradições e à religiosidade. Onde assistir: Netflix.


1.121 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page