Sem Palavras: como extrair risos de um drama pessoal


Fabrice Luchini dá um show: troca de palavras após sofrer um AVC (foto: divulgação)


Sem Palavras, que entrou no Amazon Prime Video, ficou inédito nos cinemas brasileiros. Não é uma biografia completa de Christian Streiff, ex-CEO da Peugeot, e, sim, um momento delicado que ele atravessou em 2008.


O ótimo Fabrice Luchini dá vida ao personagem e brilha no papel de Streiff, um chefe workaholic e antipático, que dá pouquíssima atenção à filha. Até que ele sofre um AVC, que afeta sua memória e a comunicação. Streiff vai precisar reaprender a falar e entra em cena uma fonoaudióloga (Leïla Bekhti) sem muita paciência para os ataques egocêntricos do paciente.


A situação é triste, mas o diretor Hervé Mimran, que também roteirizou o livro autobiográfico de Christian Streiff, dá leveza à trama. E o protagonista dá um show ao trocar as palavras ou letras em conversas sérias – o riso, portanto, é inevitável.



INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter


510 visualizações

Posts recentes

Ver tudo