top of page

Nós Duas: a França acertou na indicação ao Oscar?


Nós Duas: romance secreto entre duas idosas


Nós Duas, disponível no Globoplay para assinantes do Telecine, foi o representante da França no Oscar 2021. Entrou na lista dos quinze pré-finalistas, mas ficou de fora na retal final. Os franceses se empolgaram com a vitória do longa-metragem no César (o Oscar francês), de onde saiu com o prêmio de melhor filme de estreia e concorreu a roteiro original e atriz, para as duas protagonistas.


A história tem boa representatividade, tenta fugir dos clichês e apresenta um romance lésbico com transparência e honestidade.


Martine Chevallier e Barbara Sukowa interpretam as idosas Madeleine e Nina, que moram no mesmo edifício e mantêm um relacionamento em segredo, não só dos vizinhos quanto dos filhos de Madeleine. O sonho do casal é vender os imóveis, mudar para longe e viver a aposentadoria distante de todos.


Mas, após uma briga entre elas, Madeleine tem um AVC e vai para o hospital. Nina entra em desespero porque não pode revelar à família dela que é sua companheira. Madeleine perdeu os movimentos e a fala - e Nina ficará impossibilitada de visitá-la.


Em seu primeiro longa-metragem, o diretor e roteirista Filippo Meneghetti trata o tema da homossexualidade com muito tato e delicadeza, justamente para arrebatar uma plateia maior. Se há acertos na condução das duas maravilhosas atrizes, o mesmo não se pode dizer do desenlace dado à história, que coloca humor e algo aventuresco em um caso conjugal dramático.





519 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Yorumlar


Yorumlara kapatıldı.
bottom of page