top of page

Moonfall: o filme-catástrofe vira uma catástrofe de filme


Patrick Wilson: um astronauta perdido no espaço


Cresci vendo filmes-catástrofe, como Terremoto, Inferno na Torre, Aeroporto 75 e O Destino de Poseidon. E continuo gostando até hoje do "disaster movie", contanto que seja bom. Não é o caso de Moonfall, disponível no Amazon Prime Video.


Dá para usar um trocadinho aqui. O diretor Roland Emmerich, especialista do gênero que nos brindou com Independence Day e O Dia Depois do Amanhã, não faz um filme-catástrofe - faz uma catástrofe de filme. E haja paciência para esperar o desastre que parece não chegar nunca! Afinal, estamos à espera de ver a Terra destruída - e não de escutar baboseiras de astronautas americanos.


O resumo é que a Lua está vindo em rota de colisão com a Terra e vai dizimar nosso planeta. Mas uma astronauta (Halle Berry) e mais dois colegas vão ao espaço para tentar contornar o problema. Oi?


Não dá para esperar lógica num tipo de filme como esse. O roteiro precisa ser o mais estapafúrdio para ganhar nossa atenção e, se não levado a sério, melhor ainda. Moonfall não tem humor, os efeitos visuais são mais do mesmo e esperava mais catástrofe e menos teorias do absurdo. Não rolou!




412 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

コメント


コメント機能がオフになっています。
bottom of page