Graças a Deus: um chocante caso real de pedofilia


Cena de Graças a Deus: crianças molestadas por um padre de Lyon (foto: divulgação)


Como eu sempre falo, filme novo é um filme que você não viu. Graças a Deus foi lançado nos cinemas em 2019, mas acabou de integrar o catálogo do Amazon Prime Video. Certamente, entraria na minha lista dos filmes franceses imperdíveis para ver na Amazon.


O tema é polêmico e inspirado num caso real. Mas o diretor François Ozon aborda o tema com seriedade e elegância. Na trama, Alexandre (Melvil Poupaud) é um consultor de telecomunicações, casado e pai de cinco filhos, que lembra de um fato chocante ocorrido quando era criança: ele foi molestado pelo padre Bernard Preynat, que está de volta a uma paróquia de Lyon.


Alexandre decide fazer a denúncia, mesmo que já tenham se passado vários anos do caso de pedofilia e o crime já esteja prescrito. A partir daí, o roteiro deixa de lado esse protagonista para abordar outras vítimas que foram abusadas pelo sacerdote. Eles se unem com o mesmo propósito.


É uma trama que, embora não seja de fácil digestão, é importante que o assunto seja trazido à tona, sobretudo pela forma tão contundente e responsável.



INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter

261 visualizações

Posts recentes

Ver tudo