21 filmes para começar 2022 em alto astral


Voando Alto: histórica verídica com Taron Egerton e Hugh Jackman está no Disney+.


2020 e 2021 não foram fáceis. E o início de 2022 também está complicado, com um crescente número de pessoas infectadas pela Covid. Minha lista é para levar algo mais leve para você. Não são apenas comédias. Há também dramas que trazem algum lição de vida para você poder superar os momentos difíceis. Espero que goste!


Voando Alto > Desde criança, Eddie Edwards (Taron Egerton) quis ser medalhista olímpico. Na década de 80, abandonou a casa dos pais e correu atrás de seu sonho. Saiu da Inglaterra e foi para um centro de treinamento de saltadores de esqui, na Alemanha. Onde assistir: Disney+.


Um Banho de Vida > Bertrand, um quarentão desempregado e deprimido, ganha ânimo na vida quando passa a integrar uma equipe masculina de nado sincronizado. Seus colegas de piscinas não são atléticos, têm problemas pessoais e vão em busca da superação. Onde assistir: Netflix.


Meu Nome É Dolemite > Eddie Murtphy arrasa no papel principal: Rudy Ray Moore, um pioneiro do stand-up e do rap que, mesmo sem incentivo, quer transformar seu personagem, o lutador Dolemite, num fenômeno do cinema, na década de 70. Onde assistir: Netflix.


Retrato de um Campeão > Embora não goste muito da forma com a história é contada, essa biografia do medalhista paralímpico So Wa Wai é um ótimo caso de superação. O menino nasceu com paralisia cerebral, em 1981, mas sua mãe o incentivou a andar e o interesse dele por corridas atléticas aumentou. Onde assistir: Netflix.


Meu Ano em Nova York > Em meados da década de 90, Joanna passa uma temporada na Nova York. Embora quer ser escritora, mas descola emprego numa editora de livro, ficando encarregada de atender às ligações de J. D. Salinger, autor de O Apanhador no Campo de Centeio e um escritor extremamente recluso. Onde assistir: Netflix.


Antonia: uma jovem dividida entre a carreira e o amor na Nova York da década de 20


Antonia – Uma Sinfonia > Em 1926, a jovem Willy é funcionária de um teatro em Nova York e fica fascinada com o trabalho de regência. De família humilde, ela começa a atuar como pianista num cabaré e a ter aulas de piano com um professor machista. Onde assistir: Netflix.


A Delicadeza do Amor > Nathalie (Audrey Tautou) trabalha numa empresa escandinava em Paris, onde se dá conta de que, por trás do sueco Markus (François Damiens), um sujeito sem charme nem beleza, existe um homem espirituoso, romântico e gentil. Onde assistir: Amazon Prime Video.


Suprema > Ruth Bader Ginsburg (Felicity Jones) é casada e mãe de uma garotinha. Em meados dos anos 50, enfrentou o ambiente machista da prestigiada Universidade Harvard para poder cursar Direito. A inspiradora trajetória da protagonista chega até os anos 70 quando ela batalha pela igualdade de gênero nos tribunais. Onde assistir: Amazon Prime Video e HBO Max.


Todos Estão Falando sobre o Jamie > Eu adorei esse filme inglês sobre um adolescente gay de 16 anos que tem o sonho de ser drag queen. É uma comédia dramática com números musicais contagiantes. Onde assistir: Amazon Prime Video.


Chef: o sucesso do sanduíche cubano


Chef > Adoro esse road movie gastronômico sobre Carl Casper, renomado chef de um restaurante de Los Angeles, que é demitido após sua comida ser detonada por um crítico. Mas ele dá a volta por cima ao abrir um food truck que tem como especialidade um sanduíche cubano. Onde assistir: Globoplay e Amazon Prime Video.


TOC – Transtornada, Obsessiva, Compulsiva > Amo Tatá Werneck e, nessa divertidíssima comédia, ela dá um show como Kika K., uma estrela da TV, que embarca numa crise profissional após a morte de um ghost writer. As aparições de Ingrid Guimarães também são hilárias. Onde assistir: Globoplay.


A Música da Minha Vida > Na Inglaterra de 1987, Javed é um adolescente destinado a viver no gueto de hindus e paquistaneses. Embora queira ser escritor, o pai dele quer que ele siga uma carreira burocrática. Quando Javed escuta a música de Bruce Springsteen, não tem mais dúvidas de qual caminho vai seguir. Onde assistir: Telecine e Globoplay (para assinantes Telecine).


Intocáveis > Embora já tenha tido versões na Argentina e nos Estados Unidos, a original é francesa e traz o carismático Omar Sy como um rapaz sem muita educação, que é escolhido por um bilionário tetraplégico para ser seu cuidador. São dois homens de classes sociais distintas que encontram uma sintonia ímpar. Onde assistir: Telecine e Globoplay (para assinantes Telecine).


A Família Bélier > Uma garota é a única que fala e escuta em uma família de fazendeiros surdos e mudos. Quando precisa de tomar uma decisão, ela fica dividida entre os parentes ou seguir carreira na música. A mesmo história foi adaptada pelos americanos em No Ritmo do Coração. Onde assistir: Telecine e Globoplay (para assinantes Telecine).


Priscilla, a Rainha do Deserto > Era 1994 quando o filme arrebatou plateias com a história de três drag queens que subiram num ônibus e atravessaram o deserto australiano para fazer um show no outro lado do país. Embora com percalços no caminho, que envolvem intolerância, os personagens sabem revidar o preconceito com classe. Onde assistir: Telecine e Globoplay (para assinantes Telecine).


Belle Époque > Um criativo roteiro e atuações no ponto certo fizeram a diferença nessa comédia romântica e dramática. Trata-se da história de um cartunista, desiludido com a vida e com o casamento, que aceita participar de uma experiência: reviver as emoções que sentiu em 1974. Onde assistir: HBO Max.


Hairspray: números musicais contagiantes


Hairspray > Delicioso musical, de 2007, que passou em branco e não teve o devido reconhecimento. Tracy Turnblad é uma adolescente gordinha que, com seu ótimo gingado, consegue uma vaga num concurso de dança da TV, na Baltimore da década de 60. Onde assistir: HBO Max.


An American Pickle > Em 1919, o judeu Herschel Greenbaum (Seth Rogen) trabalha numa fábrica de picles e cai num barril de pepinos. Só sai de lá cem anos depois e, numa Nova York completamente diferente, vai à procura de seu bisneto. São dois homens de gerações diferentes que encontram a empatia na ancestralidade. Onde assistir: HBO Max.


Passe Livre > Me divirto como essa comédia sobre dois amigos (Owen Wilson e Jason Sudeikis, o Ted Lasso) que recebem um “passe livre” das esposas para poder se divertir numa noite nas baladas. Só que, fora de forma para paquerar, eles só entram em frias. Onde assistir: HBO Max.


Joy – O Nome do Sucesso > Joy (Jennifer Lawrence) se esforça para tomar conta dos dois filhos, trabalhar e sustentar sua família, incluindo o ex-marido. Até que tem uma ideia genial: criar uma esfregão de chão, que ficou mundialmente conhecido como mop. Onde assistir: Star+ e Streaming do Telecine.


Palmer > O personagem de Justin Timberlake sai da cadeia em liberdade condicional e, educado sob o machismo estrutural, vê com intolerância os gostos do filho do vizinho. Ele é um menino muito fofo, que prefere maquiagem e brinca com bonecas. A desconstrução do protagonista é o que move um drama de sensibilidade apurada e transformações afetivas. Onde assistir: AppleTV+.


INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter

1,508 visualizações

Posts recentes

Ver tudo