Memórias de um Amor é belo e melancólico


Foto: divulgação


Jude (Jack O'Connell) está passeando com seu cachorro na praia quando conhece Emma (Olivia Cooke). Assim começa Memórias de um Amor, disponível nas plataformas de aluguel. Eu vi no NOW. Trata-se de um romance melancólico devido às previsões que se anunciam. E elas não são boas.


O amor de Jude e Emma será colocado à prova por causa de uma doença que está atingindo o mundo. Se infectadas, as pessoas perdem a memória. Emma é veterinária e Jude trabalha como fotógrafo. Ele começa a dar os primeiros sinais de amnésia e, preocupada, ela vai em busca de um tratamento experimental do governo americano e inscreve Jude para ser uma das primeiras cobaias.


É muito talentoso o diretor Chad Hartigan em (re)construir o amor do casal, só inspirado por uma curta história do roteirista Aja Gabel. As imagens alternam passado e presente - e é como se Jude precisasse relembrar os melhores momentos que passou ao lado de Emma. Pela edição e por uma câmera fluida, Memórias de um Amor, guardadas as devidas proporções, lembra o cinema de Terrence Malick. Já é uma qualidade a se levar em conta.


Avaliação:


INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter

201 visualizações

Posts recentes

Ver tudo