Além das Montanhas: sublime questionamento da fé


Além das Montanhas: monastério na Romênia


O Amazon Prime Video tem filmes pavorosos, mas não é raro encontrar ótimas surpresas no acervo, como é o caso de Além das Montanhas. É um filme de 2012, mas atemporal, que premiou as duas protagonistas e o roteiro no Festival de Cannes. Os méritos também são do romeno Cristian Mungiu, diretor dos atraentes 4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias (2007) e de Contos da Era Dourada (2009).


Com seu habitual rigor estético, o cineasta constrói um drama hipnótico, livremente inspirado num caso real ocorrido em 2005. Alina (Cristina Flutur) chega da Alemanha para morar num monastério ortodoxo num vilarejo da Romênia. Lá, vivem a noviça Voichita (Cosmina Stratan), um padre controlador e um grupo de freiras.


As duas jovens foram criadas num orfanato e o roteiro insinua que elas tiveram um íntimo relacionamento. Inquieta, Alina está disposta a quebrar os dogmas religiosos e libertar sua amiga dos votos de submissão. É o estopim para uma aguda reflexão sobre os limites da fé.



INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter


471 visualizações

Posts recentes

Ver tudo