top of page

A Dona do Barato: Isabelle Huppert é gigante, mas...


Isabelle Huppert vestida de árabe: uma roubada


Isabelle Huppert já deu dezenas de exemplos de que é uma das maiores atrizes francesas. Mas, de vez em quando, a estrela se mete em roubadas de dar vergonha alheia. Uma delas é A Dona do Barato que, se não fosse pela presença da atriz, seria ainda pior. O filme está no Globoplay, para assinantes do Telecine, e tem para alugar no NOW.


A trama até que começa bem. Huppert interpreta Patience, uma viúva que trabalha para a polícia como tradutora da língua árabe para o francês. Ela tem duas filhas e a mãe está internada numa clínica particular. A certa altura da trama, Patience, sem dinheiro para pagar as despesas extras, decide virar traficante - e aí o caldo entorna.


Huppert está ótima e faz a personagem com certo deboche. O problema está na visão colonialista do enredo. Todos os traficantes são de origem árabe, inclusive a personagem de Huppert, que é chamada, erroneamente, pelos policiais de "a dona do barato marroquina". Os asiáticos, representados pela síndica chinesa, são malandros e protegidos por mafiosos. Ou seja: nenhum criminoso é francês. E a protagonista? Patience é da Argélia, assim como seus pais. Será que La Huppert se deu conta disso?





393 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page