top of page

Tore: um jovem sueco no caminho errado da vida

Tore: um jovem gay de 27 anos que nunca transou


Tore tem 27 anos e seu pai quer que ele saia de casa para ter sua vida própria. Só que o rapaz, apesar da idade, tem a aparência, a imaturidade e a ingenuidade de um adolescente.


Ele é gay, nunca transou, mas tem um amor platônico por um florista que fornece arranjos para a funerária onde trabalha.


Uma tragédia, porém, vai levar Tore em direção à autodestruição. Não sei se é série ou minissérie, mas a sueca Tore, que está na Netflix, faz um registro incisivo e doloroso sobre o luto, levando seu protagonista a tomar atitudes irracionais. Em seis episódios, a trama explora, até com certo humor, o caminho errante de Tore até culminar num desfecho que dá margem para uma bem-vinda emersão à nova realidade.



523 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page