top of page

Maestro: a grande ambição de Bradley Cooper

Bradley Cooper: ator e diretor de Maestro


A Netflix está apostou em Maestro para o Oscar 2024 e o longa-metragem se saiu bem nas indicações. Concorre em sete categorias, incluindo melhor filme, ator (Bradley Cooper), atriz (Carey Mulligan) e roteiro original.


Gosto da ambição e da ousadia de Bradley Cooper. Ele teve a coragem de fazer uma quarta versão de Nasce uma Estrela e, agora, leva às telas a cinebiografia de Leonard Bernstein, o fabuloso maestro e o maior compositor americano de música clássica.


O filme se divide entre seu genial lado profissional e seu tumultuado casamento com a atriz Felicia Cohn Montealegre (Carey Mulligan), já que, desde a primeira cena, fica evidente que o maestro preferia ter homens em sua cama.


O roteiro, porém, é muito discreto ao abordar a bissexualidade do protagonista. E se essa intimidade é acanhada, o mesmo não pode ser dito das magníficas regências, incluindo uma belíssima cena numa igreja ao som da Segunda Sinfonia de Mahler.  



164 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page