Sweat: desabafo com consequência da musa fitness


Magdalena Kolesnik interpreta a influenciadora digital em Sweat (foto: divulgação)


Sweat foi exibido na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo no ano passado e chegou, com exclusividade, à MUBI. O tema é muito interessante (e de fácil assimilação por brasileiros), assim como a crise por que passa a protagonista.


Ganhe um mês de assinatura grátis da MUBI


Sylwia Zajac, interpretada por Magdalena Kolesnik, é uma musa fitness que mora em Varsóvia e ganha dinheiro como influenciadora digital. Faz publi no Instagram e estampa capas de revistas. Sua única companhia é um cão e, certo dia, ela desabafa e chora em frente à câmera do celular confessando ser solitária. É o suficiente para seus patrocinadores ficarem receosos com sua fragilidade.


Sylwia é uma espécie de Gabriela Pugliesi da Polônia. Só que ela tem 600 mil seguidores enquanto a brasileira tem mais de 4,6 milhões. Me lembrei do caso da Pugliesi que, no início da pandemia, pegou Covid, sarou e postou um vídeo dizendo "foda-se a vida". A casa caiu, ela foi "cancelada" e perdeu patrocínios. Poucos meses depois, já estava de volta às redes sociais.


A sinceridade de Sylwia também cai como uma bomba - e é aí que o filme do diretor sueco Magnus von Horn acerta ao mostrar como a sociedade reage com indiferença às dores e problemas daqueles que são nos apresentados virtualmente como pessoas descomplicadas e perfeitinhas.



INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter

106 visualizações

Posts recentes

Ver tudo