top of page

23 categorias: quem deve e quem merece ganhar o Oscar


A cerimônia do Oscar é neste domingo (27)


A entrega dos votos do Oscar 2022 encerrou na quarta (23) e escrevi este texto na quinta (24). Para escolher o vencedor, tomei como base os prêmios dos sindicatos (de atores, maquiadores, editores etc) e os bolões de apostas. Ninguém sabe quem vai ganhar, mas eis aqui as minhas apostas.

Só um lembrete: eu não gosto de dizer qual é meu preferido se não vi todos os indicados. Fiz essa ressalva em algumas categorias.


No Ritmo do Coração: será que vai ganhar de Ataque dos Cães? Eis a questão!


Melhor filme

Tudo estava indicando que Ataque dos Cães seria o campeão. Mas aí No Ritmo do Coração ganhou dois prêmios muito importantes e decisivos para o Oscar: o de melhor elenco do sindicato dos atores e melhor filme do sindicato dos produtores. Torço para eu estar errado.

Deve ganhar: No Ritmo do Coração (Amazon Prime Video)

Merece ganhar: Ataque dos Cães (Netflix)


Melhor direção

Mesmo se perder o Oscar de melhor filme, Ataque dos Cães leva o de melhor direção.

Deve e merece ganhar: Jane Campion por Ataque dos Cães


Melhor atriz

Vou fazer a Glória Pires nesta categoria: não posso opinar porque não vi Os Olhos de Tammy Faye, com a provável vencedora. Mas eu gosto muito de Kristen Stewart, em Spencer.

Deve ganhar: Jessica Chastain em Os Olhos de Tammy Faye (em breve no Star+)


Melhor ator

Will Smith vem levando todos os prêmios. Se não merece por seu trabalho em King Richard, merece pela carreira.

Deve ganhar: Will Smith em King Richard (HBO Max)

Merece ganhar: Andrew Garfield em tick, tick... BOOM! (Netflix)


Ariana DeBose: furacão em Amor, Sublime Amor


Melhor Atriz Coadjuvante

Ela é um furacão em cena e também está arrebatando todos os prêmios.

Deve e merece ganhar: Ariana DeBose em Amor, Sublime Amor (Disney+)


Melhor Ator Coadjuvante

Kodi Smit-McPhee, o garoto de Ataque dos Cães, chegou forte na corrida, mas foi sendo ultrapassado pelo pai surdo de No Ritmo do Coração. Troy também tem o meu voto.

Deve e merece ganhar: Troy Kotsur por No Ritmo do Coração (Amazon Prime Video)


Melhor Roteiro adaptado

Outra categoria em que No Ritmo do Coração, que ganhou o prêmio do sindicato dos roteiristas, também passou na frente de Ataque dos Cães.

Deve ganhar: No Ritmo do Coração

Merece ganhar: Ataque dos Cães


Melhor Roteiro original

Belfast e Licorice Pizza estão pau a pau nas bolsas de apostas. Mas eu tenho que apostar em um. Adoraria, porém, que Não Olhe para Cima fosse o vencedor (pelo menos um prêmio, né?)

Deve ganhar: Belfast (nos cinemas)

Merece ganhar: Não Olhe para Cima (Netflix)


Melhor Fotografia

Uma categoria em que os cinco candidatos são ótimos. Como A Tragédia de Macbeth não foi, absurdamente, indicado a melhor filme, pelo menos deveria levar o Oscar de fotografia, que é excepcional.

Deve ganhar: Duna (HBO Max)

Merece ganhar: A Tragédia de Macbeth (AppleTV+)


Cruella: deve e merece o prêmio de figurinos


Melhor Figurinos

Outra categoria com ótimos candidatos, mas eu concordo com as escolhas do sindicato, que foram Duna e Cruella.

Deve e merece ganhar: Cruella (Disney+)


Melhor Montagem

Duna deve sair vencedor em várias categorias técnicas. Eis mais uma delas. Eu, porém, torço para ser igual ao prêmio do sindicato dos editores.

Deve ganhar: Duna (HBO Max)

Merece ganhar: tick, tick...BOOM! (Netflix)


Melhor Maquiagem e cabelo

Não posso opinar porque não assisti ao provável vencedor. Mas, pelo que eu vi em fotos e no trailer, Jessica Chastain virou uma outra pessoa.

Deve ganhar: Os Olhos de Tammy Faye (em breve no Star+)


Duna deve ganhar vários prêmios técnicos


Melhor Direção de arte

Outra categoria difícil de escolher porque todos os candidatos são impecáveis. O futurismo de Duna ou o retrô de O Beco do Pesadelo? Eis a questão!

Deve ganhar: Duna (HBO Max)

Merece ganhar: O Beco do Pesadelo (Star+)


Melhor Trilha sonora

Hans Zimmer, autor da trilha de Duna, foi onze vezes indicado e já tem um Oscar (por O Rei Leão). O espanhol Alberto Iglesias, habitual colaborador de Almodóvar, foi indicado quatro vezes – e nunca ganhou. Para quem eu torço?

Deve ganhar: Duna (HBO Max)

Merece ganhar: Mães Paralelas (Netflix)


Melhor Canção

Não acho nenhuma das músicas memoráveis, mas vou de acordo com as apostas e torcendo pela novinha Billie Eilish.

Deve e merece ganhar: 007 – Sem Tempo para Morrer (NOW e outras plataformas de aluguel)


Melhor Som

Concordo que Duna tenha um som excepcional.

Deve e merece ganhar: Duna (HBO Max)


Melhor Efeitos Visuais

Sem grandes concorrentes, deve ganhar o melhor.

Deve e merece ganhar: Duna (HBO Max)


Melhor Animação

Adianto que eu não vi Flee e, dentre os outros quatro, o meu preferido não é Encanto.

Deve ganhar: Encanto (Disney+)

Merece ganhar: A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas (Netflix)


Melhor Documentário

Outro caso em que não vi dois candidatos, Attica e Flee. Dos três que eu vi, meu preferido não é o favorito para ganhar.

Deve ganhar: Summer of Soul

Merece ganhar: Ascensão (Paramount+)


Drive My Car: talvez o prêmio mais previsível


Melhor Filme Internacional

Não vi o dinamarquês Flee e só me restam quatro opções, que coincide com o favorito.

Merece e deve ganhar: Drive My Car (nos cinemas e dia 1º de abril na MUBI)


Melhor curta-metragem

Não vi nenhum dos indicados, mas o favorito é The Long Goodbye (grátis no YouTube, em inglês com legendas em inglês - clique aqui).


Melhor curta de animação

O favorito é o único que eu vi: A Sabiá Sabiazinha (Netflix)


Melhor curta de documentário

Dos três que eu vi, nenhum merece o Oscar: Audible (Netflix), Onde Eu Moro (Netflix) e Três Canções para Benazir (Netflix). O favorito, porém, é The Queen of Basketball (grátis no YouTube, em inglês com legendas em inglês - clique aqui).


504 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page