Pig - A Vingança: quando as aparências enganam


A porca e Nicolas Cage: o animal é a única companhia dele nas florestas do Oregon


Nicolas Cage já acumulou tantas bombas na carreira que nem dá para acreditar numa "ressurreição" do ator. Mas eis que surge Pig - A Vingança, disponível no streaming do Telecine e no Globoplay (para assinantes do Telecine).


Cage interpreta Rob, um eremita que se isolou da sociedade nas florestas do Oregon e só tem a companhia de uma porca. É ela, inclusive, que encontra as trufas, iguaria caríssima, repassada em troca de alimentos para Amir (Alex Wolff), que as negocia com restaurantes chiques de Portland. O que motiva o protagonista a perder as estribeiras é o roubo do animal.


Eu gosto quando filmes me surpreendem de forma muito positiva. É o caso de Pig. Pense: como você imagina que será a vingança, ainda mais tendo Nicolas Cage no elenco? Tiros, explosões, destruições, mortes e muito sangue? Nada disso. Rob não é um John Wick.


Há sangue, mas por motivos nada óbvios. A jornada de Rob e Amir pela metrópole será de revelações e autoconhecimento. Aos poucos, o roteiro desvenda o passado do protagonista e o motivo que o fez isolar-se do mundo.


Rob é um presente para o Cage, que volta à boa forma numa arrasadora atuação dramática. E o novato diretor e roteirista Michael Sarnoski prova com talento, em seu primeiro longa-metragem, que as aparências enganam e consegue sair do lugar-comum mesmo tendo uma revanche como ponto de partida da história.



INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter



803 visualizações

Posts recentes

Ver tudo