top of page

O Turista: Jamie Dornan sua a camiseta em suspense


Jamie Dornan: caçado nas estradas da Austrália


Cinquenta Tons de Cinza foi um divisor de águas na carreira de Jamie Dornan. Ao mesmo tempo em que o ator ganhou fama internacional, foi malhado por sua atuação como Christian Grey. Mas ele conseguiu se livrar do personagem e, hoje, dá para afirmar que, além da beleza, é um bom intérprete. Quase pegou uma vaga no Oscar de melhor ator coadjuvante, por Belfast, e está ótimo na pele do protagonista da série O Turista, da HBO Max.


A ação se passa no Outback, região pouco povoada e árida da Austrália. O personagem de Dornan, a princípio, não tem nome. A trama começa com um caminhão o perseguindo pela estrada e provocando um acidente quase fatal. Levado para o hospital, ele acorda totalmente sem memória. Não sabe qual é seu nome, se tem amigos ou parentes nem o que está fazendo naquele país, já que tem um forte sotaque irlandês. A única que pode ajudá-lo a encontrar alguma pista é a inexperiente policial Helen (Danielle Macdonald).


Ao longo dos seis episódios (com quase uma hora cada), O Turista vai introduzindo mais personagens à trama: um matador de aluguel, uma misteriosa garçonete, um mafioso grego, um investigador com sede de justiça... E as peças do quebra-cabeça vão se encaixando, conforme as lembranças do protagonista também veem à tona.


É uma história, de mistério e suspense, sem nenhum compromisso com a realidade. Até o humor é usado para satirizar o modo de vida dos caipiras do Outback. São pessoas que moram nos confins da Austrália, onde um crime é algo raro - imagine, então, uma porção de corpos que vão surgindo.


Dornan domina a cena com sua verve cômica (sim, ela existe) e sua bastante a camiseta para se ver livre de seus caçadores. Também gostei do desfecho, que quebra um paradigma dos romances de estação.




1.493 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

コメント


コメント機能がオフになっています。
bottom of page