top of page

Nureyev: a inspiradora trajetória do grande bailarino


Nureyev: fuga para o Ocidente em 1961


Rudolf Nureyev (1938-1993) falava pouco e era uma figura enigmática. Por isso, não pense que irá encontrar detalhes de sua vida íntima no documentário Nureyev, disponível na Netflix. O filme dá, sim, uma repassada em sua infância, junto de uma família pobre, cujo pai não gostava de que o filho dançasse.


Nascido dentro de um trem nos trilhos da Transiberiana, o caçula (ele tinha três irmãs) agarrou a primeira oportunidade que viu para sair de sua cidade e se mandou para Leningrado (hoje São Petersburgo) a fim de estudar balé. Para ter noção da dificuldade, a viagem durou três dias.


Para quem quer conhecer sua formidável carreira, o documentário é um prato cheio. Há sua primeira apresentação no Ocidente; sua deserção num aeroporto de Paris, em 1961; sua parceria com a icônica Margot Fonteyn, além de sua estada no The Royal Ballet de Londres.


Nas entrevistas, Nureyev mantinha a discrição, mas há depoimentos de biógrafos e colegas de trabalho para trazer revelações de um dos maiores bailarinos da história.





503 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page