top of page

Nuovo Olimpo: um amor inspirado em caso real

O primeiro encontro dos rapazes se dá no cinema


Assim que apareceu nos créditos o nome de Ferzan Ospetek, me deu um estalo de que seria uma história real. Dito e feito. Nuovo Olimpo, da Netflix, é inspirado na vida do diretor italiano, que assina um trabalho autobiográfico.


A trama começa em meados dos anos 70 e mostra a paixão que nasce entre um aspirante a cineasta e um estudante de medicina. Eles se conhecem num cinema frequentado por gays, que exibe clássicos, e o caso se torna cada vez mais intenso. Até que...


O realizador, além da comovente história de amor, traz uma declaração de amor ao cinema e também a Roma. Mas confesso que duas coisas me incomodaram: um encontro “casual” ao desfecho e a fraquíssima maquiagem de envelhecimento.



113 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


Os comentários foram desativados.
bottom of page