Imperdoável: você perdoa Sandra por um filme trivial?


Sandra Bullock no papel de Ruth Slater: um tortuoso caminho a percorrer (foto: Neflix)


Três anos depois do sucesso de Bird Box, Sandra Bullock estrela o drama Imperdoável, também um filme da Neflix. Igualmente imperdoável é a escolha de uma estrela que já ganhou o Oscar - em 2010, por Um Sonho Possível. Sem novidades, o longa-metragem não fará diferença na carreira da atriz.


Sandra interpreta Ruth Slater, que sai da cadeia sob condicional após cumprir vinte anos atrás das grades. Além da difícil adaptação em sociedade, ela quer reencontrar a irmã, que era criança na época do crime e foi adotada por uma família.


O filme, baseado numa minissérie britânica de 2009, é a variação de um mesmo tema: o do ex-presidiário que, na batalha para se reerguer, é vítima de preconceitos.


Um dos principais defeitos está na escalação do elenco: Aisling Franciosi, que interpreta a irmã, parece filha da personagem de Sandra. A estrela está com 57 anos, fez tantos procedimentos estéticos e usa tanta maquiagem "neutra" que mal consegue ter expressões dramáticas - por mais que sua interpretação seja boa.


A reviravolta no final é uma boa surpresa, mas, convenhamos, quem consegue acreditar? Tem mais: o que antes era um drama íntimo vira uma trama policial banal. E que desperdício é ver Viola Davis num papel de coadjuvante! Aliás, a melhor cena de Imperdoável é uma discussão entre Viola e a protagonista. Ou seja: pouco conteúdo aproveitável para um filme de quase duas.



INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter

2,860 visualizações

Posts recentes

Ver tudo