Cyrano Mon Amour é uma deliciosa celebração ao teatro


Cyrano Mon Amour: como nasceu o clássico


Mesmo para quem não tenha visto a peça ou o filme Cyrano de Bergerac, vai entender e se deliciar com Cyrano Mon Amour, disponível no Amazon Prime Video.


O longa-metragem nasceu como um roteiro de cinema, mas como seu autor, Alexis Michalik, não conseguiu viabilizar o projeto, montou um espetáculo que fez enorme sucesso na França. A partir daí, produtores se interessaram em fazer uma versão para as telas.


O filme, além de uma bela homenagem a Edmond Rostand (1868-1918), criador de Cyrano de Bergerac, é uma celebração ao teatro. Se a história é verídica ou não, pouco importa.


Na Paris de 1897, Edmond, interpretado pelo ótimo Thomas Solivérès, amarga uma crise artística e precisa, urgentemente, elaborar um texto para o astro Constant Coquelin (Olivier Gourmet).


A nova peça vai surgindo de acordo com sua própria experiência de vida quando ele precisa escrever cartas de amor para um amigo, que quer conquistar uma camareira.


Os bastidores teatrais na França do século XIX são vistos com pompa e riqueza e, em tom de vaudeville, o roteiro ganha uma deliciosa sagacidade.



INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter


64 visualizações

Posts recentes

Ver tudo