Amazon e Netflix: 35 filmes com mulheres notáveis


O Escândalo, com Charlize Theron, Nicole Kidman e Margot Robbie: no Amazon Prime Video


As mulheres que ficavam em segundo plano estão, cada vez mais, conquistando o protagonismo. Escolhi 35 personagens femininas de várias épocas, verídicas ou da ficção, famosas ou anônimas, héteros, bissexuais, lésbicas ou trans. É a diversidade nas telas, representada por atrizes maravilhosas como Meryl Streep, Julianne Moore, Sandra Bullock, Viola Davis, Nicole Kidman, Halle Berry, Jessica Chastain... Os filmes estão divididos entre Amazon Prime Video e Netflix.


Amazon Prime Video


Gloria Bell > Separada do marido, a cinquentona Gloria (Julianne Moore) divide-se entre o trabalho e prazeres, como a ginástica e a dança. Ao conhecer um recém-divorciado (John Turturro), ela acredita ter redescoberto o amor. A personagem e seu cotidiano não são fora do comum – e é justamente a trivialidade que faz o filme alcançar relevância.


O Escândalo > Em 2016, a jornalista Megyn Kelly (Charlize Theron) enfrenta o machismo de Donald Trump, então candidato à Presidência dos Estados Unidos. Em seguida, a apresentadora Gretchen Carlson (Nicole Kidman), também funcionária da Fox News, decide denunciar o CEO da emissora por assédio sexual.


Molly’s Game / A Grande Jogada > Molly Bloom (Jessica Chastain) era esquiadora olímpica, mas sofreu um acidente e virou secretária. Anos depois, envolveu-se no mesmo ramo de seu patrão: jogos de pôquer clandestinos para ricos e famosos.


Conviction > Hilary Swank interpreta Betty Anne Waters, uma garçonete de uma pequena cidade de Massachusetts, que leva uma vida modesta ao lado da família. Quando seu irmão (Sam Rockwell) é acusado de assassinato, ocorrido em 1980, ela acredita em sua inocência. E, anos depois, decide virar advogada para provar a inocência dele.


As Loucuras de Rose > A rebelde e irresponsável Rose (Jessie Buckley) ficou presa por contrabando de heroína, adiando seu sonho de cantar country music num bar de Glasgow. Ela, então, passa a juntar dinheiro como diarista para fazer carreira em Nashville, nos Estados Unidos.


Colette > O filme apresenta uma personagem real: a escritora Colette (Keira Knightley), que se rebelou contra o marido, teve relacionamentos com mulheres e fez apresentações seminua em cabarés — tudo isso no início do século XX (!). O tom feminista é bem adequado aos tempos atuais.


A Assistente > Jane (Julia Garner) é uma secretária que, na ilusão de trabalhar na indústria cinematográfica, se dá conta da conflituosa tarefa que terá, como se relacionar com dois colegas machistas. A situação se complica quando surge uma ingênua garota do interior dizendo ter sido contratada como “assistente” de seu chefe.


Todo o Dinheiro do Mundo > Michelle Williams agarra com unhas e dentes o papel da mãe que, contando com a ajuda de um negociador (Mark Wahlberg), move montanhas para libertar seu filho. O adolescente foi sequestrado e é, simplesmente, o neto do bilionário americano Jean Paul Getty, que se recusa a pagar o resgate. A trama, inspirada em caso real, se passa em 1973.


Os Segredos que Guardamos > A romena Maja (Noomi Rapace) conheceu seu marido ao fim da II Guerra, na Europa, e mora numa cidade dos Estados Unidos. No início da década de 60, ela reconhece um homem (Joel Kinnaman), que teria sido um oficial nazista – e faz de tudo para se vingar do carrasco que lhe traumatizou.


Indecência > No filme romeno, duas amigas do interior tentam uma vaga numa universidade de Bucareste. Ao serem surpreendidas colando numa prova, elas são expulsas da sala e uma delas tem o celular confiscado pelo professor. No dia seguinte, ele as reencontra e faz uma proposta: selar a paz com um jantar na casa dele.


Suprema > Ruth Bader Ginsburg (Felicity Jones) é casada e mãe de uma garotinha. Em meados dos anos 50, enfrentou o ambiente machista da prestigiada Universidade Harvard para poder cursar Direito. A inspiradora trajetória da protagonista chega até os anos 70 quando ela batalha pela igualdade de gênero nos tribunais.


As Golpistas > Dançarina numa boate, Destiny faz da desajeitada Destiny (Constance Wu) sua pupila. Com a crise econômica de 2007 nos Estados, a clientela, formada por executivos de Wall Street, desaparece. Para não perder o alto padrão de vida, elas encontram uma saída.


Chamada de Emergência > Após cair em depressão e ser afastada do cargo, Jordan Turner (Halle Berry), que trabalha como atendente do serviço de emergência 911, tem a chance de dar a volta por cima. Ela atende o telefonema da adolescente Casey (Abigail Breslin), que foi sequestrada por um psicopata e jogada no porta-malas de um carro. É uma corrida contra o tempo para salvar a garota.


A Espiã > Estrela do cinema em seu país e na vizinha Suécia, a norueguesa Sonja Wigert tem contatos entre os artistas. Ela, então, é intimada pelo serviço secreto sueco para se infiltrar entre os nazistas quando a Noruega é invadida pelos alemães.


Meryl Streep: tentando salvar seu casamento em Great Hope Springs (foto: divulgação)


Great Hope Springs > Percebendo que a relação com seu marido está desgastada e que eles não fazem sexo há quatro anos, Kay (Meryl Streep) paga 4 000 dólares para fazer terapia de casal durante uma semana com o renomado Dr. Feld (Steve Carell). Há legendas em português no título em inglês. Um Divã para Dois tem cópia dublada.


As Mães do Terceiro Reich > O drama francês começa em 1943, na região da Alsácia, quando essa região da França é anexada à Alemanha. Duas jovens são levadas para um acampamento militar e devem ser subservientes aos nazistas. Enquanto Lisette enxerga só benefícios no novo cotidiano, a rebelde Alice quer fugir de lá.


Netflix

Desobediência: paixão às escondidas numa comunidade judaica (foto: divulgação)


Desobediência > Fotográfa de Nova York, Ronit (Rachel Weisz) volta para Londres e reencontra Esti (Rachel McAdams), uma antiga paixão, que está casada com um futuro rabino. Às escondidas, as mulheres têm encontros calorosos, que causam polêmica na comunidade judaica.


Lost Girls — Os Crimes de Long Island > Em uma história policial verídica, Mari Gilbert é uma mãe que quer esclarecer o desaparecimento de sua filha. Em 2010, ela foi atrás de pistas que levavam a Shannan, sua primogênita que era garota de programa e sumiu após um encontro num condomínio fechado nas cercanias de Long Island.


Retratos de uma Guerra > Em em 1941, Elena (Lisa Loven) e sua filha (Bel Powley) são retiradas de casa, na Lituânia, e levadas para um campo de trabalhos forçados na Sibéria. Durante um rigoroso inverno, as mulheres precisam (sobre)viver num cenário desolador, com poucos alimentos e sendo tratadas com brutalidade pelos russos.


Pieces of Woman > Vanessa Kirby recebeu merecida indicação ao Oscar 2021 de melhor atriz. Ela interpreta Martha, uma mulher que, após um parto complicado, passa por um período de provações e resiliência.


A Arte de Amar > Em 1970, a médica Michalina Wislocka tenta publicar um livro na Polônia comunista, que aborda o amor, o sexo e o orgasmo feminino de forma natural. Para explicar a origem dessa personagem verídica, o filme volta no tempo e, a partir da II Guerra, a flagra envolvida num triângulo amoroso com o marido e a melhor amiga.


A Senhora da Van > Na comédia dramática, Maggie Smith interpreta Miss Shepherd, uma senhora de hábitos poucos higiênicos que mora numa van, no bairro de Camden Town, em Londres. Indesejada pelos vizinhos, ela conhece um escritor, com desenvolve uma relação de amor e ódio.


A Hora Mais Escura > Jessica Chastain é Maya, uma novata agente da CIA, que presencia, no Paquistão, em 2003, a tortura de um prisioneiro ligado à Al Qaeda. Durante oito anos, a missão de Maya é localizar o terrorista Osama Bin Laden.


Erin Brockovich > Julia Roberts conquistou o Oscar pelo papel de Erin Brockovich, uma mãe solteira de três filhos, que passa a trabalhar num escritório de advocacia. Ao descobrir vários casos arquivados envolvendo contaminação de água, lidera uma mobilização para obter 333 milhões de dólares de indenização da Pacific Gas and Electric Company.


A Livraria > No fim dos anos 50, a viúva Florence Green (Emily Mortimer) compra briga com os “chefões” de um vilarejo de pescadores da Inglaterra ao transformar um edifício histórico na primeira livraria do local.


Antonia > Nascida na Holanda, Willy (Christanne de Bruijn) migrou com os pais para os Estados Unidos. Em 1926, ela é funcionária de um teatro em Nova York e fica fascinada com o trabalho de regência de um conterrâneo. De família humilde, começa a atuar como pianista num cabaré de travestis e a ter aulas de piano com um professor machista. Seu objetivo, porém, é reger uma orquestra sinfônica.


A Última Carta de Amor > Em 1965, Jennifer (Shailene Woodley) é casada com um empresário milionário, sofreu um acidente de carro e perdeu a memória. Nos dias de hoje, a repórter Ellie (Felicy Jones) encontra uma carta de amor. Nela, um homem manda uma mensagem para sua amada marcando um encontro numa estação de trem. A jornalista, então, vai fundo para saber o paradeiro dos amantes.


Elisa y Marcela > A paixão entre Elisa (Natalia de Molina) e Marcela (Greta Fernández) tem início em 1898, quando as duas estudam numa escola católica de Corunha, na Espanha. O amor é interrompido por três anos e, a partir daí, elas vão desafiar as convenções num relacionamento secreto. É inspirado numa história real.


Radioactive > Interpretada por Rosamund Pike, Marie Curie, polonesa naturalizada francesa, precisou superar obstáculos para desenvolver seus estudos sobre a radioatividade e foi a única mulher a ganhar dois prêmios Nobel – de física e química – no início do século XX.

Alice Júnior: garota trans revida os preconceitos


Alice Júnior > Alice Júnior (Anne Celestino Mota) é uma adolescente de Recife que muda para o sul do país por causa do trabalho do pai. No ambiente escolar, ela é evitada pelos preconceituosos, já que é uma garota trans. Mas sabe como revidar agressões verbais e humilhações.


Fúria Feminina > No filme de ação do Vietnã, Van Veronica Ngo é uma cobradora de dívidas. O povoado rural onde ela mora com a pequena filha a despreza, sobretudo por ser mãe solteira. E a situação se complica quando sua menina é sequestrada.


A Voz Suprema do Blues > Ma Rainey (Viola Davis) é uma cantora de blues de voz inigualável que, em 1927, chega a Chicago para fazer a gravação de um disco. Só que a diva é temperamental e entra em atritos com os músicos, com seu empresário e com o dono da gravadora.


Céu Vermelho-Sangue > No filme de terror alemão, Nadja (Peri Baumeister) sofre de uma doença incurável e pega um voo para os Estados Unidos para fazer um transplante de medula. O esperto Elias (Carl Anton Koch), seu pequeno filho, a acompanha. Não demora muito para o avião ser dominado por terroristas - e ela fará de tudo para proteger seu menino.


Bird Box > Num mundo pós-apocalíptico, Malorie (Sandra Bullock) e seus filhos precisam ficar de olhos vendados para não ser flagrados por criaturas que dominaram a Terra. Sem enxergar nada, a mãe tenta descer um rio a fim de encontrar um lugar seguro para ficar com a família.


Rosa e Momo > A italiana Sophia Loren interpreta Rosa, que fatura uma grana como babá do filho de uma vizinha e também de um garoto que foi abandonado pela mãe. A chegada de Momo (Ibrahima Gueye), um senegalês muçulmano de 12 anos que mora nas ruas, vai provocar reviravoltas em sua vida.


INSCREVA-SE aqui para receber a Newsletter

942 visualizações

Posts recentes

Ver tudo