top of page

Silêncio: tens uns absurdos, mas é muito envolvente


Arón Piper: condenado pela morte dos pais


Vi que muita gente gostou de Silêncio, da Netflix, e eu também embarquei na trama da série espanhola. É sobre um rapaz (Arón Piper) que cumpriu pena de seis anos por ter matado os pais e sai da cadeia porque uma psiquiatra acredita em sua regeneração. Mas a doutora terá de provar sua teoria e, para isso, ele será vigiado 24 horas por câmeras de segurança.


É preciso dar uns descontos. É meio absurdo, por exemplo, ter imagens captadas nos lugares mais inusitados e a derradeira cena é uma barra forçada para uma segunda temporada (sim, o desfecho fica em aberto). Fora isso, Silêncio tem um bom clima de suspense, gosto das reviravoltas e da abertura para o tema da hibristofilia, distúrbio por quem se sente atraído por criminosos.



216 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page