top of page

Noites Alienígenas: o Brasil que o Brasil desconhece


Noites Alienígenas: juventude de Rio Branco


Noites Alienígenas, que está na Netflix, foi o grande vencedor do Festival de Gramado do ano passado. Saiu da cerimônia com os prêmios de melhor filme, ator (Gabriel Knoxx), ator coadjuvante (Chico Diaz) e atriz coadjuvante (Joana Gatis).


Vale ser visto, embora, já aviso, é preciso dar tempo ao tempo para notar suas qualidades. É o primeiro longa-metragem do Acre e é na periferia de Rio Branco que os personagens circulam, entre eles um jovem traficante de 17 anos (Knoxx) e um indígena drogado, papel do ótimo Adanilo.


Apesar do título, Noites Alienígenas não tem nada de ficção científica. É quase um registro documental de como o tráfico, vindo do Sudeste, se instalou na Amazônia de forma avassaladora. Um retrato cru e cruel de uma juventude à deriva.



141 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page